Indústria de Lingerie e Moda Praia com alto padrão de qualidade e tamanhos inteligentes do 40 ao 56. Acompanhe nossos conteúdos e novidades!

Mix de produtos: saiba como elaborar em uma loja de moda íntima

Vendas mix-loja-moda-intima

O comércio de itens e de roupas íntimas é um dos maiores sucessos do setor do vestuário. Com mais empreendedores apostando nesse segmento, cabe aos lojistas a missão de buscar diferenciais que mantenham o valor e a qualidade de suas mercadorias.

Nas dicas desse post, ajudaremos você a elaborar um mix de produtos mais atrativo para potencializar as vendas. Venha ver!

Diversificar é fundamental

O empresário sabe a importância de investir no bom atendimento e no relacionamento com o cliente. Para isso, não poupa energia e nem recursos na manutenção de um bom time de vendedores e na gestão de cada etapa de trabalho.

Para além dessas características, a sobrevivência em tempos de maior concorrência também demanda diversificação contínua na oferta de mercadorias. Quem quer abranger maior público e lucrar precisa apostar em um mix de produtos variado, com qualidade e fornecido por empresas reconhecidas no segmento de moda íntima.

catalogos-sizely

Dicas para elaborar um bom mix de produtos

Quando o assunto é moda íntima, o padrão de qualidade e de sofisticação dos produtos costuma ser um fator determinante na escolha dos fornecedores. Porém, de nada adianta oferecer peças com o melhor material e acabamento se sua linha é pouco diversificada ou limitada a um único perfil de cliente.

Para se destacar entre os concorrentes, procure sempre aliar qualidade e variedade em todas as coleções. Abaixo, listamos dicas que podem melhorar seu mix de produtos:

1. Pense em públicos variados

Já faz um tempo que o universo da moda passou a valorizar a diversidade de corpos na criação de looks e de vestimentas. Como consequência, o número de pessoas satisfeitas com a oferta de produtos personalizados — inclusive na moda íntima — só aumenta.

Ao considerar as características de mulheres grandes e pequenas, altas e baixas e com silhuetas dos mais variados formatos, você enriquece ainda mais o seu mix de produtos. Para a clientela, encontrar peças de lingerie com modelagens inteligentes e adaptáveis a todos os tamanhos (plus size) é um diferencial decisivo na fidelização.

2. Trabalhe com tendências

Assim como outros segmentos, a moda íntima também é influenciada pelas tendências de diferentes épocas e estilos. Aos empresários que querem diversificar o mix de produtos, acompanhar essas novidades que surgem no mercado em determinados períodos é uma ótima estratégia para atualizar coleções.

Inove trabalhando com modelos que possam ser usados em diferentes ocasiões. Um exemplo adotado por alguns lojistas são os conjuntos personalizados para complemento de looks mais ousados ou com transparência. Vá além da moda básica e inspire-se nas peças com detalhes em renda, aplicações em pedras e tiras transpassadas.

lojista-sizely-lingerie

3. Complemente o mix principal

Quem trabalha com moda íntima não precisa se limitar à venda de conjuntos de lingerie. Na mesma loja, é possível oferecer peças de moda praia (maiôs, biquínis), chinelinhos, pijamas e acessórios fashion. Alguns lojistas ainda investem em artigos bastante valorizados pelo público feminino, como cremes, nécessaires e perfumes.

Considere que os produtos complementares devem ser escolhidos de acordo com os interesses do público-alvo. Logo, é importante que tenham alguma proximidade e semelhança com o perfil e com a essência do seu estabelecimento.

Como dono do próprio negócio, procure aliar a pesquisa de satisfação do público com as últimas tendências do mercado. Ambas informações terão valor na elaboração de um mix de produtos completo e com a qualidade necessária para fidelizar novos clientes.

Precisando de referências para inspirar sua linha de produtos? Entre em contato e conheça as coleções da Sizély!