Indústria de Lingerie e Moda Praia com alto padrão de qualidade e tamanhos inteligentes do 40 ao 56. Acompanhe nossos conteúdos e novidades!

Quer fazer sua lingerie durar mais? Confira essas 4 dicas

Dicas capa03

As peças íntimas são parte fundamental do vestuário feminino no dia a dia. Justamente por isso, é preciso atenção e cuidados especiais não apenas para fazer a lingerie durar mais, mas também por uma questão de saúde.

Neste post, reunimos 4 dicas para você aplicar na sua rotina e garantir maior conservação e durabilidade desses itens tão importantes. Confira!

1. Cuidado com a lavagem

Lingeries mal lavadas são um ambiente propício para aparecimento de bactérias e fungos, que podem causar problemas de saúde na região íntima. Por isso, estar atenta a essa questão é im- prescindível!

Não misture peças íntimas com outras roupas como calças, shorts e camisetas. A sua lavagem deve ser à parte e sempre à mão, pois a máquina de lavar pode provocar rasgos e desfiamentos nos tecidos.

Não use alvejante à base de cloro e água sanitária, pois quando não são devidamente removidos podem causar irritações e alergias na sua pele. O ideal é apenas o uso de sabão neutro ou detergentes específicos.

Além disso, procure sempre separar peças brancas das coloridas, para manter a cor original das mesas.

2. Não usar ferro faz a lingerie durar mais

Outro ponto importante é o uso do ferro. Apesar de parecer bastante óbvio, ainda há mulheres que se arriscam a passar suas peças íntimas seja para engomá-las ou secá-las mais rapidamente.

O resultado não poderia ser outro: o tecido acaba destruído, quando não queimado. Portanto, evite cometer esse erro.

Os tecidos com que são feitos os soutiens, calcinhas e afins são bastante delicados e não precisam ser passados. Para secá-los, basta tirar o excesso de água e colocá-los para secar no varal.

3. Não deixe sua lingerie secar ao sol

Há pouco citamos um equívoco que muitas mulheres cometem, que é o de usar o ferro para secar suas roupas íntimas. Contudo, há outro erro similar que é tão prejudicial quanto: deixá-las secando ao sol.

Os raios solares prejudicam não apenas a cor dos tecidos (que vão ficando amarelados com o tempo), como também afetam a qualidade das rendas e microfibras. Por isso, ao terminar de lavá-las, nunca se esqueça de estendê-las à sombra.

4. Fique atenta à forma que guarda suas peças

Outra dica importante diz respeito a como você guarda suas lingeries. Isso porque elas precisam de espaço suficiente para que não fiquem amassadas, dobradas e, consequentemente, com as estrutura danificada.

Os soutiens com bojo, por exemplo, devem ser encaixados um por dentro do outro. O mesmo vale para espartilhos, que também são peças que podem se deformar, quando mal armazenadas.

Para garantir a durabilidade das peças íntimas, coloque-as dentro de caixas ou gavetas específicas. Se preferir, guarde-as dentro de uma embalagem ou capa para preservá-las.

Seguindo nossas dicas, você fará sua lingerie durar mais, mantendo o mesmo aspecto e qualidade de quando foram compradas e, é claro, garantindo maior cuidado com a sua saúde íntima.

Agora, que tal ficar por dentro de algumas tendências da moda íntima feminina? Confira 3 coisas que você não pode ignorar na lingerie nude!